Inicio Azuis Ciclista do FC Porto suspenso por doping quando em maio diziam que...

Ciclista do FC Porto suspenso por doping quando em maio diziam que era mentira

Raúl Alarcón (W52-FC Porto), vencedor da Volta em 2017 e 2018, foi suspenso preventivamente por doping, anunciou esta segunda-feira a União Ciclista Internacional (UCI).

Segundo a lista de corredores suspensos provisoriamente, o espanhol está acusado do «uso de métodos proibidos e/ou substâncias proibidas».

Em maio o jornal ojogo mostrava as declarações dizendo que era mentira e que em Espanha não havia processo nenhum.

“É tudo mentira, não se passa nada. Já contactei a Agência de Antidopagem espanhola, que disse não ter qualquer investigação. Aguardo que a agência me envie essa confirmação por escrito para na segunda-feira contactar um advogado. Não é possível criar-se assim uma suspeição”, afirmou.

Mesmo que qualquer ciclista apresente valores anómalos nos passaportes biológicos tem o direito de se justificar medicamente, como fez o dragão Rui Vinhas após ter sido detetada a betametazsona na Volta a Portugal. No caso do duo não se coloca o cenário de penalização ou suspensão. Alejandro Marque também reagiu mas em comunicado: “Venho por este meio desmentir qualquer notificação ou sanção. Peço respeito.”

E olha só quem lhe deu os parabéns