Imprensa deturpa o caso das investigações ao escritório de Mário Centeno

A Procuradoria-Geral fez saber ontem à tarde – já depois das notícias se multiplicarem sobre estas suspeitas – “que as buscas foram no Ministério das Finanças, não no gabinete do ministro” Mário Centeno.

Depois de a notícia da realização das buscas ter sido dada ontem de manhã pelo Correio da Manhã, a edição online da revista Sábado adiantava que o Ministério Público está a investigar suspeitas de favorecimento a uma empresa do filho do presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira.

Este é o prefeito exemplo daquilo que acontece na imprensa comprada pelo departamento de comunicação anti-Benfica. Falam uns nos outros, lançam a mentira e depois não demonstram que erraram.

Mais: Mário Centeno “assegura que em momento algum teve qualquer contacto com o presidente do Sport Lisboa e Benfica, ou com qualquer outra pessoa, a propósito de temas que se relacionem com interesses patrimoniais do Benfica ou da família do seu presidente”.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores