Bastidores da qualificação para os oitavos de final

PUB

Nuno Santos de regresso à casa-mãe tornou mais espinhosa a tarefa do Benfica na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, ao adiantar o Paços de Ferreira no marcador. A força Benfiquista foi notória e teria expressão nas redes contrárias nos últimos 15 minutos.

 

PUB

Foi mesmo demolidora, após as decisivas alterações táticas de Jorge Jesus no seu jogo 400 de águia ao peito. A primeira explosão de alegria nas bancadas surgiu com o fantástico livre de GrimaldoSeferovic, regressado de lesão, fez o segundo, Rafa o terceiro e Everton fechou as contas do jogo.

 

 

Veja como se viveu por dentro a vitória do Glorioso