FC Porto prepara o clássico criticando a arbitragem

PUB

«Entre os aspetos menos positivos deste jogo contam-se, infelizmente, algumas decisões da equipa de arbitragem. Apontamos apenas alguns factos, todos eles ilustrados por imagens: aos 13 minutos, Otamendi derrubou Luis Díaz na área e não foi assinalado penálti; 20 minutos depois, Taarabt atingiu Otávio na cara, deixou o médio luso-brasileiro a sangrar, e foi assinalada falta a favor do Benfica; já em cima do intervalo, um movimento muito menos grave e aparatoso valeu a Evanilson o segundo amarelo», pode ler-se na newsletter do FC Porto.

O Benfica não jogou nada mas ninguém é tapadinho. O primeiro fora de jogo, com a linha traçada por cima da bota e o segundo fora de jogo em que cortam as penas do Taremi são mais dois casos que ajudaram a tirar o Benfica do jogo. É preciso ter uma lata descomunal para vir falar em arbitragem quando o Evanilson já deveria estar na rua momentos antes do terceiro golo. Octávio com a agressão deveria ter vindo para a rua assim como o Fábio Cardoso depois de ter aberto o pé a Darwin.

Para finalizar, vamos ver quanto de multa vai apanhar o FC Porto.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.