Não houve VAR para o FC Porto. Brahimi e Maxi agridem sem sanção disciplinar

O FC Porto entrou a vencer na Liga NOS mesmo antes de começar o jogo. Tudo porque a falta de rigor por parte da Liga/federação fizeram com que Sérgio Conceição estivesse no banco de suplentes.

Até ao intervalo vimos faltas contra o FC Porto à entrada da área por assinalar e uma entrada de sola de Maxi Pereira. Nem Nuno Almeida, nem o VAR Vasco Santos sancionaram com o cartão vermelho. Na segunda parte já houve VAR para expulsar e bem, João Teixeira. Na parte final temos mais uma agressão de Brahimi que os árbitros ignoraram por completo.

Na Premier League também houve expulsão só, as do FC Porto é que é normal.

1ª jornada 2 agressões. Vou recordar o que disse Helena Pires da Liga Portugal. “Prometemos ser mais duros com os prevaricadores… Alteramos os regulamentos e não pouparemos quem pisar a linhas”.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores