O Benfica gastou e o FC Porto investiu segundo os junta-letras

Advertisement

Está na moda bater no Benfica e proteger o FC Porto. Lá de cima criticam os jornais de lisboa mas são eles que lhes dão a mais vareada proteção. As tais reuniões nos hotéis com pessoas que hoje apoiam determinadas campanhas. Os mesmos que divulgavam e-mails diariamente e hoje fazem entrevista ao mesmo todos os fins de semana. Se levantassem o sigilo bancário desses indivíduos perceberíamos de onde recebiam. Mas não estamos aqui para falar disso.

Um dos grandes controles da imprensa é este magnifico artigo do Correio da Manhã. O Benfica gasta e o Porto investe. Nunca poderia ser o Porto gasta e o Benfica investe porque é o Clube da Luz quem andou a pedir aos clubes jogadores emprestados sem clausula de opção de compra. Foi o Benfica de Jesus que andou a contratar as mulas das comissões para depois não os levar à champions. Esqueci-me, o Benfica não vai lá e é o Porto que vai com muita pena.

Isto não é jornalismo é cartilha em estado puro como diria o outro. O Benfica adquiriu jogadores para ter rendimento desportivo/financeiro e na minha opinião só desportivo em alguns dos casos. Investiu em Everton que no ano passado apenas podia sonhar com ele. Investiu em Luca que no ano passado pediam entre 20 a 25 milhões. No Pedrinho por ser uma grande promessa e até investiu no Darwin “roubando” o jogador ao futuro candidato à presidência do FC Porto. Investiu também num central como Todibo que, apesar de vir por empréstimo, tem opção de compra. Para não falar de Weigl que chegou em janeiro que insistem e colocar-lhe o rotulo de flop. Não falo dos jogadores acima dos 30 anos porque não sei se vão render financeiramente e desportivamente digo que é cedo para tirar conclusões.

Mas para esses junta-letras o Benfica gastou… gastou e voltou a gastar como se todos os jogadores saíssem a “custo zero” por incompetência nas renovações. Aliás, acabámos de assistir a uma venda por 15M quando no verão só falavam pela clausula. Outra venda que só mediante o cumprimento de objetivos é que vai render 20M. E não foi o Benfica.

Por sua vez o lindo FC Porto investiu em jogadores na liga portuguesa. O melhor foi mesmo a novela Toni Martinez que esteve meses para que apresentassem uma garantia bancária de 3 milhões de euros. Mas foi um enorme investimento segundo os junta-letras. Melhor investimento de todos foram os empréstimos sem opção de compra em que financeiramente vão render 0 ao clube. De facto é um grande investimento gastar em taxas de empréstimo sem ter um retorno financeiro. Pagam parte de ordenados, para depois no final da temporada, ver os mesmos a regressar ao seu clube de origem. No Porto não se gasta, investe-se. Como os centro estágio a 500 euros mês ou as piscinas. Naquela casa não se gasta segundo estes junta-letras. É como o Sporting que só poupa.

Felizmente no final da história o junta-letras que escreveu isto continuará frustrado e aziado e o Benfica, que gastou milhões, conseguirá rentabiliza-los, voltaremos a ver o artista a criticar que foi pouco para o que o Benfica investiu. Sim, porque aí o Benfica deixa de gastar para ter investido. Conforme a coluna e avença paga no final do mês.