“O SL Benfica é mais que um clube”

Advertisement

“A minha primeira impressão foi ficar surpreso. O SL Benfica é mais que um clube. É uma família, é um grupo em que todos estão unidos. Quando entrei pela primeira vez no balneário, todos os jogadores vieram ter comigo e deram-me os parabéns e disseram-me que ia me dar bem aqui. Têm um grande espírito e isso é o mais importante.
Falei com o Taarabt no primeiro treino porque falamos a mesma língua, mas também porque temos coisas em comum. Não o conhecia antes, mas foi bom, e é algo que também é importante para a equipa.

Já conhecia o Jorge Jesus. É um treinador exigente, mas isso é bom para a equipa. Precisamos de um treinador assim, que trabalhe e nos obrigue a trabalhar forte. Agora vamos trabalhar para estarmos prontos no início da temporada.

A Liga Portuguesa é boa. Muitas pessoas pensam que o Campeonato português é fácil, mas não é verdade. É uma Liga com muito bons jogadores. Estou feliz por estar no Benfica e vou dar o meu melhor.

Não gosto de futebol em que só temos de defender. Gosto de jogar com bola e já percebi que o treinador tem as mesmas ideias para a equipa, ao falar com ele sobre a tática. É algo que é bom para mim. Agora é trabalhar e dar o máximo.

O que posso prometer aos adeptos é que vou dar tudo. Vi o Museu, percebi o que significa a Mística do Benfica. Vou dar 100 por cento em cada treino e em cada jogo para os adeptos”.

Soualiho Meïté