Já passou quase uma semana e o assunto ainda é tema nos programas de televisão. E quem o trouxe, pelo menos na SIC, foram os comentadores afectos ao FC Porto e sempre perto do final de cada programa. Azar dos azares é que a reacção dos jornalistas em painel, foi contra ao que eles queriam. Atacar o Benfica. Mas nem é por isso que vamos tocar aqui no assunto e já lá vamos ao Baldaia.

O jornalista em questão, até ao momento, não pediu desculpa. Mas recordando as suas palavras, há um problema com as datas que ninguém teve a coragem de falar nas tv´s. Primeiro começa por dizer que a primeira temporada de Jorge Jesus no Sporting, foi muito boa mas que não foram campeões porque “fomos roubados”. Disse também, que aquele campeonato tinha sido conhecido pelo campeonato dos padres. E é aí que está o erro.

Segundo aqueles e-mails em que o FC Porto foi condenado em tribunal, a data é referente a janeiro de 2014(época 2013/14). E quem estava no Benfica nessa temporada? É ver a foto acima.
Um dos directores de comunicação do FC Porto disse isto e pode pesquisar na imprensa: “A 28 de Janeiro de 2014, naquele que é o primeiro campeonato do tetra do Benfica, Adão Mendes enviou um e-mail a Pedro Guerra…”

O jornal em questão, também não pediu desculpas porque se trata do Benfica e não uma festa qualquer dos amigos do FC Porto. Outro que afirma perante um programa de televisão, é Paulo Baldaia. Perante estas declarações, o que tem a SIC a dizer sobre este assunto?