topVerdes

Pressão sobre o Liverpool corre mal e Rúben Amorim pede desculpa

Percebeu que a pressão sobre o clube da dimensão do Liverpool foi muito mal feita e não surtiu efeito nenhum. O West Ham foi usado e não gostou de o ser e o Amorim lá teve de pedir desculpas

PUB

Se isto tivesse acontecido no Benfica, haveriam horas e horas sobre o tema. Era uma pressão sobre o treinador que decidiu, antes de um jogo importante, ir à procura de trabalho noutro clube.

Sem o campeonato ganho e ainda com uma pequena possibilidade de o perder, Amorim foi para Inglaterra pressionar o Liverpool usando o West Ham. Resultado correu tudo mal. Hoje aparece a pedir desculpas mas se perder, que é o que desejamos, a casa vai abanar devido ao treinador ter quebrado a confiança de quem o quer manter no clube. Mas eis as desculpas.

Advertisement

«Vamos tirar o elefante da sala e vou falar disso uma vez: a primeira coisa é dizer que o clube tinha conhecimento da minha viagem, essa é a primeira coisa, porque é importante e muda a situação. A segunda situação… falar também do manto de secretismo, eu secretamente estacionei o carro lá fora, passei secretamente por 15 pessoas, tirei fotografias com pessoas para o caminho para lá e entrei no avião. Tirar um pouco dessa coisa, que foi feito nas costas do clube e isso não aconteceu, o ponto mais importante é que foi um erro. Um erro a minha viagem, o timing foi completamente desajustado, não pareceu na altura… ainda para mais quando sou tão exigente com os meus jogadores. Sou o primeiro a dizer que os problemas individuais de cada um não se podem sobrepor à equipa e por muito menos já tirei da equipa jogadores do Sporting.

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

E, portanto, foi uma falha minha, com a qual tenho de assumir e viver comigo. Não pareceu tão grave na altura, pensando friamente depois é muito claro. Também não é verdade que não dei explicações aos jogadores, dei a eles e ao staff, mas agora é seguir em frente. Eu também uso aqui a parte pública para pedir desculpa aos sportinguistas, ao staff e aos jogadores do erro que cometi.

Também falar da parte da palavra, em que eu falei aqui que não havia reunião, mas as coisas nem sempre são branco e preto. Da mesma forma que eu faltei a palavra lá em casa, em que dizia que treinava mais um ano e tirava um ano para estar com eles e, portanto, vou desiludir sempre alguém este ano. As coisas aconteceram e agora é focar no jogo e seguir em frente.»

Comentários

Pub

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo