Processo Cashball tem mais um nome. Bruno de Carvalho

Publicidade

Antigo presidente do Sporting foi denunciado por Paulo Silva, arrependido que denunciou um alegado esquema de viciação de resultados no andebol e na I Liga.

Bruno de Carvalho está a ser investigado por corrupção desportiva no âmbito do processo Cashball, avança o JN. O nome do ex-presidente do Sporting terá sido apontado como “cérebro” da operação por Paulo Silva, o arrependido que denunciou um alegado esquema de viciação de resultados de andebol e da I Liga de futebol.

Publicidade

O intermediário, que se deslocou ao DIAP do Porto em março do ano passado para denunciar o caso e entregar mensagens de WhatsApp que, no seu entender, servem de prova da corrupção, implicou Bruno de Carvalho no caso, garantindo que as ordens de corrupção os envelopes com o emblema do Sporting que continham as alegadas luvas vinham do ex-líder leonino.

Em causa estão suspeitas em jogos de andebol e futebol, com V. Guimarães, Feirense e Chaves. O alegado esquema de corrupção envolverá o aliciamento de árbitros e jogadores.

Pub

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores