Advertisement

Rodolfo Reis em plena azia, tenta colar falsa narrativa ao Benfica

Comentador recorreu ao insulto aos árbitros e ex-árbitros

Advertisement

Quando a narrativa é estragada por todos os intervenientes, recorre-se ao insulto e à falta de rigor

 

Os cartilheiros tentam de tudo para dizer que o Benfica tem sido beneficiado. Começou nas redes e já vai nas televisões. Só falta o presidente do FC Porto mandar a sua posta. Nas televisões temos o Rodolfo Reis a usar a falta de rigor e o insulto para tentar que a mensagem passe.

”Começou o colinho. O Benfica não pode estar 4 anos sem ganhar, era o que faltava. Há padres, os que organizam as missas, os árbitros e o VAR e a coisa pior que existe são os sacristãos. Ex-árbitros, que já foram árbitros, e que agora são sacristãos e que são comentadores e que não têm vergonha. Espero que os ex-árbitros me ponham todos em tribunal, para eu provar que eles estão todos a mentir.” 𝙍𝙤𝙙𝙤𝙡𝙛𝙤 𝙍𝙚𝙞𝙨

Ou seja, utiliza a expressão que era dada para os comentadores de futebol, e ainda acrescenta os ex-árbitros. Missas e Padres nunca foram o termo utilizado para árbitros. Foi algo truncado por quem hoje está condenado na justiça. Sacristãos só se for o Porto Canal e os ex-árbitros do ojogo. Curiosamente, os ex-árbitros do jornal do FC Porto, consideraram que era penalti. Todos exceto o Benfiquista José Leirós, que tem honras de Porto Canal.

Mas já que o Rodolfo e os cartilheiros falam em colinho, como é que explicam que o Benfica tenha mais amarelos, mais expulsões e mais minutos em inferioridade numérica? Que raio de colo é este, que demonstra que o Benfica também defronta as equipas de arbitragem?

Depois destas declarações, esperemos pela reação da APAF.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo