Home Futebol Rui costa estreia em canal Inglês

Rui costa estreia em canal Inglês

Este é um “testemunho exclusivo e intimista”, disse à agência Lusa o realizador da curta-metragem, na qual o diretor do Benfica “revisita momentos marcantes do trajeto de jogador e episódios de grande emoção”, relatados na primeira pessoa pelo próprio Rui Costa.

“Inclui partes de uma entrevista exclusiva para este filme, bastante intimista e emotiva. Ele é sempre bastante emocional a falar destes temas e foi bastante generoso connosco. Foi especial, bonita e é o que dá vida ao documentário”, adiantou Carlos Miranda.

A ideia de um documentário sobre a vida e carreira de Rui Costa surgiu após alguns contactos com o Copa90, um “canal online focado na cultura do adepto e que tinha muito pouco conteúdo sobre o futebol português”, revelou o realizador.

A plataforma inglesa procurava “um filme sobre alguma história interessante e significativa, do ponto de vista dos adeptos” de alguém com uma “relação umbilical com o clube”, motivo pelo qual veio “imediatamente o Rui Costa à cabeça” de Carlos Miranda.

Não apenas “por causa do inesquecível jogo de despedida” e do seu percurso, que “foi sempre muito cinematográfico”, como também “pela forma como começa e como sai do Benfica”, além de “todos os anos parecer que vai voltar” antes de “acabar mesmo por voltar”.

“Todos estes episódios davam uma boa história para representar, num contexto português, um grande jogador que teve uma grande carreira internacional, mas nunca deixou de ter uma relação de amor à camisola com o seu clube do coração”, explicou o realizador.

A curta-metragem é um dos primeiros conteúdos do canal Copa90 sobre o futebol português e é o mais recente filme ‘assinado’ por Carlos Miranda, após estrear, em 2019, “24 Memórias por Segundo”, no festival Doc Fortnight do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque.

No vídeo promocional do filme, que a Lusa teve a oportunidade de visionar, é possível ver Rui Costa a fazer um teste de som, onde conta até 10, o número que usou na camisola em todos os clubes por onde passou como profissional: Benfica, Fiorentina e AC Milan.

“Um, dois, três, quatro, dez, dez, dez, dez, dez. Se o som do dez estiver bom, toca a música”, diz o ‘maestro’ na promoção de cerca de 30 segundos, “a possível para não revelar tudo” da curta-metragem de 14 minutos, que pode ser vista gratuitamente no canal do YouTube ‘Copa90 Stories’.

Questionado pela Lusa sobre a possibilidade de novos projetos relacionados com o futebol português para o mesmo canal, Carlos Miranda revelou que a ‘porta’ ficou aberta, mas não adiantou outras possibilidades.

“É possível. Este projeto, agora, conclui-se, estamos todos muito contentes com o resultado final e, por isso, é possível fazer mais”, admitiu o realizador.