Rui Costa ilibado do TAD

PUB

Rui Costa, atual líder do Benfica e candidato às eleições do próximo dia 9 de outubro, foi ilibado pelo Tribunal Arbitral do Desporto do castigo 16 dias aplicado pelo Conselho de Disciplina no passado mês de maio. Em causa a expulsão no clássico entre águias e FC Porto.

De acordo com o relatório do árbitro Artur Soares Dias, o dirigente das águias viu o cartão vermelho por protestar a decisão em relação ao lance em que o Benfica reclamou segundo cartão amarelo para Pepe: “Isto é segundo amarelo, c…”, afirmou Rui Costa. O mesmo relatório referia ainda que “entrou no terreno de jogo cerca de um metro”. Sobre isto, Rui Costa apresentou ao CD “alegações acompanhadas de imagens vídeo”, frisando que não entrou no terreno de jogo, como indicou Soares Dias.

“Tendo o arguido sido sancionado, em sede de processo disciplinar, com base em factos que não constavam do relatório do árbitro, mas apenas pelos esclarecimentos complementares prestados pelo mesmo, e não tendo sido esses factos comunicados para que pudesse defender-se cabalmente em sede do mesmo processo disciplinar, não foi assegurado, aquando da sua audição nesse âmbito, o recurso aos meios de defesa que lhe permitissem, eventualmente, valer-se da possibilidade de pôr em causa aquela presumida veracidade”, considerou o TAD.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.