Rui Pinto deixa aviso: “entristecem-me algumas coisas que soube sobre o FC Porto. Se mais vão ser reveladas? Há essa possibilidade.

De confiante a desesperado. Rui Pinto desceu até à terra quando percebeu que vai para a cadeia até ser extraditado para Portugal. Pelo meio começou a deixar avisos ao FC Porto quando questionado sobre os alegados e-mails do Benfica. “Têm de perguntar ao Francisco J Marques”. Mais tarde lança mais uma aviso.

“O Football Leaks revelou pormenores bem interessantes do FC Porto, por exemplo a colaboração com a Doyen, também comportamentos que considero estranhos em relação à participação do filho de Pinto da Costa, Alexandre Pinto da Costa. Também outro fundo registado na Áustria, em Viena, chamado Danubio, existem algumas coisas que me fazem acreditar que possa talvez haver desvio de fundos no FC Porto, o que me entristece. Pinto da Costa para mim é um dos melhores presidentes que o futebol europeu já teve, mas também comete erros. E entristecem-me algumas coisas que soube sobre o FC Porto. Parte delas já são públicas. Se mais vão ser reveladas? Há essa possibilidade”, referiu aos jornalistas, ainda nas instalações do tribunal.

Se isto já não estava bom para o FC Porto e para a sua comunicação, pior ficou com os recados/ameaças que o hacker deu sobre o seu querido clube. Ou o defendem até ao fim e o tiram da cadeia ou ele começa a falar tudo o que sabe. Para nós o importante é que ele fale a verdade e desmonte todo o caso. Se diz que está pela verdade então que comece a falar. De diz que a justiça é parcial que deixe ele de ser imparcial e que mostre o que sabe sobre o FC Porto.