Samaris foi castigado com 3 jogos enquanto Brahimi tem reincidência e não é castigo há 131 dias

Não é novidade nenhuma para ninguém que isto está como acabou a temporada passada. Antes do arranque do campeonato, andaram a atirar areia para os olhos da pessoas fazendo crónicas bonitas enquanto nem os regulamentos cumpriam. Prometeram rigor, acção e transparência mas a verdade é que não passou de conversa da treta.

Ontem assistimos aquilo que vamos ver ao longo do campeonato. Agressões, entradas agressivas e castigos na gaveta quando se trata do FC Porto. Começou com um castigo reincidente de Sérgio Conceição, que não passou de uma misera multa e segue com 2 agressões puníveis de cartão vermelho. Samaris em 6 dias apanhou 3 jogos de suspensão por ter agarrado o pescoço ao Paulinho do Braga. Com as mesmas pessoas a atribuir castigos, temos um Brahimi a escapar aos castigos há pelo menos 131 dias.

Foi assim na temporada passada e já começou nesta temporada e logo à 1ª jornada. Perante isto, o que estão Liga e Federação à espera? Menos promessas e mais acção. As pessoas estão fartas de ouvir que é o Benfica que manda e ver casos como este a beneficiar sempre o FC Porto. Divulgaram os dados dos árbitros logo depois dos azuis e brancos terem reclamado da arbitragem da supertaça e o que acontece a seguir é lances como este.

Samaris viu amarelo e apanhou 3 jogos de castigo. Bruno Fernandes com entrada assassina não é alvo de castigo porquê?

24 horas depois ainda não há um auto de flagrante delito a Brahimi por apertar o pescoço. Samaris foi castigado em 6 dias

Samaris apanhou 3 jogos por apertar o pescoço. Quantos apanhará Brahimi?

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores