A Benfica SAD aprovou esta sexta-feira, em assembleia geral de acionistas, o relatório e contas do último exercício, que ditou um resultado positivo, em termos individuais, de 28 milhões de euros, e consolidados de 29,4 M€.

Em função deste lucro, os acionistas decidiram ainda a transferência de parte substancial deste montante (24 milhões de euros) para os resultados acumulados, no sentido de cobrir integralmente os prejuízos transitados existentes. Além disso, são igualmente transferidos perto de 4 milhões de euros para reservas livres, explicaram as águias.

A somar às deliberações sobre a aplicação dos resultados de 2018/19, os detentores de títulos da SAD aprovaram um voto de confiança ao Conselho de Administração e ao Conselho Fiscal, validando por inerência a declaração sobre a política de remunerações dos membros destes órgãos.