Bruno de Carvalho e a birra na Assembleia da República

No segundo painel do dia da conferência “Violência no Desporto”, na Assembleia da República, Bruno de Carvalho foi mandado calar pelo moderador por, alegadamente, ter excedido o tempo da sua intervenção. No fundo pensou que podia estar ali a acusar meio mundo, durante o tempo que quisesse que ninguém o iria cortar a palavra.

Depois da parte da manhã ter mentido na parte do drogado e se ter “esquecido” que Fábio Coentrão já insultou árbitros( VER AQUI E AQUI), Bruno de Carvalho veio trazer temas onde a sua claque tem feito praticamente o mesmo.

Quem se lembra destas tarjas?

E da rede de segurança retirada de forma propositada na zona da claque do Benfica?

Mas há tantas e tantas outras. Como o incêndio na luz. Como os very lights atirados para cima da claque do Benfica e que caíram para cima dos próprios adeptos. As cadeiras arremessadas. Tantas mas tantas. O Bruno de Carvalho chegou a mostrar a lista de registados na PSP que tem a sua claque? E as listas que são enviadas antes de cada jogo com o nome de cada adepto registado? Não!

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores