News Benfica: Não chegou

Já se previam enormes dificuldades na deslocação ao estádio do Famalicão, onde FC Porto e Sporting já haviam perdido nesta temporada. O empate foi insuficiente face às aspirações da nossa equipa para a partida, ficando na retina uma exibição que mereceria ser premiada com outro resultado.

Ante o quinto classificado, à entrada para esta jornada, no seu reduto, entrámos muito bem no jogo, chegando ao intervalo a vencermos por 0-1. Pizzi concretizou mais um golo, totalizando agora 29 na presente temporada em competições oficiais pelo Benfica. Desde a segunda temporada de José Augusto (1960/61) de águia ao peito que um médio ala/extremo benfiquista não marcava tantos golos numa só época. E chegou aos 75 ao serviço do Benfica, só superado, na última década, por Cardozo e Jonas.

A segunda parte foi mais dividida, ainda assim dispusemos de oportunidades de golo para ampliar a vantagem, e só na parte final concedemos duas, acabando por se confirmar o chavão “quem não marca, sofre”.

Veríssimo deu conta disso mesmo no final da partida: “Saímos frustrados pelo resultado. O Famalicão é uma boa equipa, este é um terreno difícil, foi um jogo equilibrado, mas depois de todas as oportunidades que criámos poderíamos ter saído daqui com outro resultado.”

Faltam agora três jornadas para o término da Liga NOS, além da final da Taça de Portugal. O próximo jogo será frente ao Vitória de Guimarães, no Estádio da Luz, na próxima terça-feira, dia 14, às 21h30. O objetivo é vencer.

P.S.: Parabéns a Pedro Pablo Pichardo, n.º 3 do ranking mundial do triplo salto, pelo triunfo nos Inspiration Games, da Liga Diamante, batendo o campeão olímpico e mundial em título e n.º 1 do ranking Christian Taylor.