O tipo do Record que tem medo de citar os nomes dos autores morais do ataque a Nuno Santos e Lage

O tipo que é diretor de um jornal e que se passeia pelas redes sociais a mandar umas bocas e que mete processos porque não o podem criticar, feio falar de “Rangers atrás do teclado”. Comento porque este tipo faz uma crónica à volta dos últimos acontecimentos só para falar em processos que são uma mão cheia de nada. Mas o tipo lá continua.

O tipo sabe quem são os autores morais do ataque ao Nuno Santos nas redes sociais. O tipo sabe quem são os autores morais do vídeo manipulado posto a circular. Mas teve medo de meter nomes na sua crónica. Fala de Rangers do teclado mas é ele que tem medo de citar os responsáveis. Não só tem medo como ainda lhes faz o favor ao puxar dos processos.

Mas quer ver o “Power Ranger” cor de rosa? Não digo verde porque toda a gente sabe a sua cor de tanta vez que é apanhado na salinha a festejar feito lagarto. Todo o direito. Mas veja como se comporta o tipo.

Existe tantas como esta. Mas acho que esta fica melhor. É uma montagem óbvia.