Advertisement

“Queremos terminar bem, no nosso estádio, jogar bom futebol e ganhar o jogo.”

treinador abordou o 2º jogo para a Taça da Liga

Advertisement

Roger Schmidt em conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Penafiel, da segunda jornada da fase de grupos da Taça da Liga, agendado para as 20h45 de sábado

 

“Estamos habituados, na Taça de Portugal, e também na semana passada, já jogamos contra equipas das II Liga. Vamos fazer o que fizemos sempre. Analisar o adversário, respeitar o adversário. É o último jogo antes de uma pausa. Queremos terminar bem, no nosso estádio, jogar bom futebol e ganhar o jogo.”

“Temos muitos bons jogadores, mas infelizmente só podem jogar 11 de cada vez. Uns estão no Mundial, é uma boa oportunidade para outros jogadores de ter minutos. Têm treinado muito bem, a qualidade tem sido excelente desde o início da época. Para ter progressos precisam de ter minutos, para alguns é muito importante jogar, principalmente os que estavam lesionados, por exemplo João Victor, Lucas Veríssimo, Morato. Alguns estiveram fora alguns meses, Veríssimo por um ano. Precisam de voltar a estar na sua melhor forma, precisam de minutos, de competição. Lucas [Veríssimo] esteve doente na semana passada, esteve com febre durante uns dias, está de fora para amanhã, mas espero que na altura do Natal esteja de volta e também consiga ter minutos de jogo. Há jogadores que têm estado muito bem e é bom ter esta concorrência para o onze titular e vai continuar nas próximas semanas.”

Sobre Veríssimo: “Neste momento não pode ser o mesmo jogador. Quando se lesionou-se há um ano, estava em excelente forma, regular no onze titular do Benfica, fazia parte da seleção brasileira. Agora está em forma, trabalhou muito forte na recuperação, quando jogou na equipa B mostrou que está de regresso, já não tem queixas, mas para voltar a estar na melhor forma é preciso alguns jogos. Na semana passada esteve doente, não pôde jogar e amanhã também não pode. Esperemos que recupere a sua melhor forma, é um jogador excelente, toda gente se lembra como era antes da lesão.”

Admite vir a treinar uma seleção? “São grandes equipas… Para ser honesto, nunca penso muito no meu futuro no futebol. Não tenho planos e estou focado muito no aqui e agora. Só penso no Benfica. Foi uma grande decisão vir para aqui e tento desfrutar de todos os dias em que cá estou, com a minha equipa. Nunca fui um selecionador, mas penso que é um estilo de treino muito diferente, tens a equipa apenas alguns dias para preparar para os jogos e torneios. É muito interessante e seria uma honra, seja com que país for, mas é difícil responder a isso, porque a minha mente está completamente focada no Benfica.”

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo