Futeboltop

Rui Costa: “Não sendo hipócrita, o Benfica não poderá sair prejudicado”

PUB

Rui Costa, presidente do Benfica, deixou uma mensagem sobre os direitos televisivos

 

“Estamos aqui para defender o futebol Português, mas não sendo hipócrita, o Benfica não poderá sair prejudicado.”

Advertisement

Pub

Luís Mendes também abordou o tema centralização dos direitos televisivos 

“Quero deixar muito claro que o Benfica tem sempre o entendimento de que é parte da solução e nunca parte do problema. Por princípio, somos favoráveis à negociação centralizada dos direitos de transmissão.

O que temos de perceber muito bem é o que a Liga está a fazer no sentido de capacitar os nossos concorrentes, os clubes da chamada classe baixa e da classe média, para que haja progressão social. O que verificamos ao longo dos jogos disputados fora de casa é que os estádios não apresentam condições condignas para receber os adeptos, na esmagadora maioria não têm boas acessibilidades. Muitas vezes os relvados não estão em condições, e tudo isto não contribui para entregar um produto verdadeiramente atrativo, suscetível de ser adquirido noutros mercados, além do português. Em simultâneo, preciso de compreender melhor a forma como se chega aos 325 milhões de euros, o limite entre 275 milhões de euros e os 325 milhões apresentado no estudo da Liga. Ainda que estejamos dentro do prazo, existe a matriz de distribuição, que terá de ser representativa da dimensão social do Benfica, de forma a que o Benfica não saia prejudicado da negociação centralizada. Ter redução de verbas nesta matéria implicará perda de competitividade em termos internacionais. Quando estamos habituados a chegar a fases da Champions como os quartos de final, estamos a disputar jogos com clubes com orçamentos muito superiores aos nossos. Não podemos admitir que os nossos orçamentos sejam reduzidos por via da redução de receitas dos direitos de transmissão.”

Leia também: Mais de 12 mil euros em multas e até multaram por uso de esferovite

 

 

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo