Advertisement

Samaris: “Fábio Coentrão faltou ao respeito a quem lhe deu o pãozinho”

Advertisement

Bruno Lage disse aos jogadores em Guimarães que ali seria o berço da reconquista, pois também era o berço de Portugal. Percebeu a metáfora?
AS – Sim, eu sei, até pelo nome do estádio. Eu sei algumas coisas da história de Portugal. Eu tirei um diploma em língua portuguesa e tive aulas de setembro a novembro. Falávamos sempre da história de Portugal, ao mesmo tempo que aprendíamos português e gramática. Sei que o primeiro rei, D. Afonso Henriques, nasceu em Guimarães. [expander_maker id=”1″ more=”CONTINUAR A LER” less=”Read less”]Teve em mim o impacto que o treinador quis que tivesse.

O Em que momento sentiu que as coisas iam mudar para si também?
AS – Comecei a construir a minha confiança desde o jogo em Guimarães: em que entrei, na Taça de Portugal. Houve mais dois jogos até Alvalade e continuei. Depois do jogo contra o Sporting, senti que as coisas estavam a correr bem e que ia trabalhar para tentar fazer o mesmo até final da época.

Aquele corte no Dragão valeu um título?
AS – Valeu um corte. Não sei se seria um golo certo, até porque o Ody podia defender. Foi um corte importante naquele jogo que nos deu a liderança . Até por isso significa mais do que se fosse outro jogo. Houve muitos jogadores que deram muito mais do que se calhar pensavam que tinham. Acho que isso valeu o título.

O que aconteceu com Fábio Coentrão em Vila do Conde?
AS – O comportamento dele não foi uma surpresa para mim. Houve um passado, provocou-me várias vezes, ao intervalo disse umas coisas que não posso dizer publicamente. Desrespeitou, com palavras, o clube e é uma coisa que eu não aceito e conhecendo os meus colegas, ninguém aceita isso.

O que aconteceu ao intervalo? Foi no túnel?
AS – Sim, foi no túnel, palavras que não posso dizer. Toda agente pode imaginar o que foi. Eu não gostei. Todos os jogadores que têm um passado no Benfica têm de respeitar, como em qualquer clube. Joguei no Olympiacos, no Panionios, no Panathinaikos, tenho muito respeito por estas equipas e nunca vou dizer coisas más.

[/expander_maker]
DEIXE A SUA RESPOSTA

Botão Voltar ao Topo