“Ser campeão à custa da trapaça e tráfico de influências”

Advertisement

Esta ultima chico-espertice do Sporting levou a reações de alguns sportinguitas conhecidos.

A “dótora” Elsa Tiago Judas recorreu às redes sociais, respondendo a um seguidor, para criticar o estado atual do seu clube. Era bom que clarificasse o que disse pois as acusações são graves. Porque se é verdade o que diz, as entidades competentes têm de atuar.

Os negócios que o Record, jornal oficioso do Sporting, trata de endeusar, Judas classifica de “ruinosos”. Ter apenas 20% de Tabata é algo que não se pode dizer que é bom. Dar 16M por 70% do passe por um avançado também não é famoso. O internacional alemão do Benfica custou menos e é mais novo, mas o Record fala sempre em equipa milionária. Weigl outro internacional alemão, que custou 20M por 100% do passe, foi mais barato que Paulinho que custará perto de 24M. A milionária é o Benfica.

Sobre o tráfico de influências, temos um varandas que diz que tem juízes na sua lista e recentemente temos um sportinguista que colocou o Palhinha no derbi.

 

 

Era bom que tudo isto fosse clarificado.