Advertisement

Acusação do MP mostra que Sporting recebeu milhões do BES Angola

Mais uma vergonha descoberta

Advertisement

Acusado de desviar fundos do Banco de Espírito Santo de Angola (BESA) para a SAD do Sporting, o empresário Álvaro Sobrinho recebeu uma SMS em 2011 como agradecimento de investir no emblema leonino, segundo refere a acusação do Ministério Público, tornada pública esta segunda-feira pelo JN.

«Em 2011, o Sporting Clube de Portugal enfrentava dificuldades em obter créditos. O então presidente, Luís Godinho, e o dirigente José Maria Ricciardi recorreram a Álvaro Sobrinho para encontrar uma solução ‘que permitisse num curto espaço de tempo’ e sem financiamento formal, dar-lhe os meios financeiros de que precisava para a atividade futebolística, nomeadamente, comprar jogadores e pagar salários», pode ler-se naquele jornal.

«O banqueiro, sportinguista ferrenho, acedeu aos pedidos e usou fundos de contas do BESA, domiciliadas no BES em Lisboa, para injetar 15 milhões de euros na esfera do clube, o que lhe mereceu uma SMS de gratidão de José Maria Ricciardi: ‘Acho que o clube lhe deve fazer ao meu amigo e à sua família uma estátua junto ao estádio’.»

Leia também: Detentor de 30% do Sporting apanhado no Suisse Secrets

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo