Benfica comunica à CMVM. Queimar-se por 600 mil euros depois de buscas e todo o circo montado

Na mente de alguns o Benfica que factura milhões, iria queimar-se por 600 mil euros. Mesmo depois das buscas, de todo o circo montado em todas as tv´s, das reciclagens e das montanhas que acabaram por parir ratos, a malta do Benfica brincar com 600 mil euros para arranjar mais um caso. Da mesma forma que acharam que se vendiam por bilhetes ou camisolas. Talvez, hoje com a suspensão imposta pela CMVM o Benfica tenha perdido mais que 600 mil euros. Ao longo destes últimos anos tudo o que é denuncia anónima e casos, saem sempre nos timings perfeitos. Não há uma que tenha saído fora de um mau momento. É muita coincidência.

A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para os efeitos previstos no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que a Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD e a Benfica Estádio – Construção e Gestão de Estádios, S.A., assim como o Presidente Luis Filipe Vieira e o Administrador Domingos Soares de Oliveira, ambos por serem representantes legais daquelas sociedades, foram constituídos arguidos pela alegada prática de um crime de fraude fiscal qualificada, por se entender que aquelas sociedades obtiveram nos anos 2016 e 2017 uma vantagem patrimonial indevida à qual está associada uma possível contingência fiscal calculada pela Autoridade Tributária no valor total aproximado de €600.000.