Benfica responde a Francisco J Marques

O Benfica não deixou escapar os comentários de Francisco J. Marques, que considerou a recente visita oficial de Luís Filipe Vieira a Cabo Verde como «um exemplo da megalomania que o Benfica quer impor» a Portugal.

«Maiores que Portugal sintetiza bem essa megalomania», acrescentou o diretor de comunicação do FC Porto, lamentando ainda que a cobertura noticiosa em Portugal da visita do Benfica a Cabo Verde «amplifica essa perspetiva de grandeza que não existe».

Publicidade

«Lamentável a forma como ontem o porta-voz da instituição FC Porto veio denegrir a recente viagem do Benfica a Cabo Verde. Uma presença que contou, em diversos momentos, com a participação natural e normal de adeptos do próprio Sporting CP e FC Porto, como aconteceria em situação inversa porque qualquer grande clube português é sempre embaixador de Portugal, ainda mais nos países da lusofonia, bem como na diáspora portuguesa», reagem as águias na News Benfica, antes de rematar:

«A ignorância, a falta de mundo, o desconhecimento total do que representam os clubes nacionais para as nossas comunidades e para o mundo da lusofonia em particular, explicam muito sobre a rivalidade e a obsessão doentia e complexada sobre os outros, que cada vez mais importa mitigar.»