Liga Portugal vê documentos internos divulgados na internet

A Liga Portugal conheceu hoje mais um ataque informático por parte dos criminosos que têm passado meses a divulgar documentação do Benfica. Um novo blog na mesma plataforma wordpress está a divulgar documentos internos da Liga, tais como contratos com a NOS ou LEDMAN. Os e-mails do  Vitor Pereira, processos dos vouchers, Rui Costa entre outros.

A liga continua calada fazendo de conta que não existe nada de mal. Aliás, continuam caladinhos para ninguém perder o tacho. Foi o sorteio que correu mal e ninguém foi responsabilizado. Foram as condicionantes no sorteio que deixaram de existir para prejudicar o Benfica. Foram os contratos dos jogadores do Benfica que foram revelados assim como as passwords enviadas através do facebook. Veja mais…

Hoje ficámos a saber duas coisas:

Os contratos do Benfica que foram revelados, não vieram da parte do Benfica conforme tentaram mostrar. Tentaram limpar-se do problema e agora levam com um ainda maior.

Com esta invasão, Pedro Proença, Sónia Carneiro e companhia têm de pedir a demissão. Tentaram culpar o Benfica e hoje ficou provado que foram eles que foram atacados.  Recorde a nota à imprensa.

Confira a nota da Liga na íntegra

“No seguimento de notícias visando eventuais fragilidades nas plataformas que gerem o processo de inscrição de contratos das sociedades desportivas, a Liga Portugal esclarece:

1. A Liga Portugal é um organismo com Certificação de Qualidade pela norma ISO 9001/2015, a primeira liga profissional de futebol a obter tal chancela.
2. A plataforma Transfer está em vigência há várias temporadas desportivas, sendo que nos últimos dois anos todo o registo e inscrição de jogadores fez-se exclusivamente por esta via.
3. A plataforma Transfer tem agregado um sistema de segurança elevadíssimo, que é auditado por entidade externa e independente.
4. Na sequência dos alertas ontem tornados públicos, a Liga Portugal entendeu reforçar os níveis de segurança dos seus sistemas e plataformas, já de si com padrões securitários elevados.
5. As primeiras conclusões das auditorias em curso na Liga Portugal concluíram que os ficheiros exibidos na internet não são os mesmos rececionados pelos nossos serviços, e que foram posteriormente enviados para a FPF.
6. As fragilidades identificadas pelo relatório da FPF tornado público são recíprocas, uma vez que foram combinadas e estabelecidas entre as duas entidades.
7. Apesar das auditorias em curso no organismo que tutela o Futebol Profissional, não será possível determinar a fonte de outros documentos e ficheiros entre os que foram tornados públicos ontem e hoje, na medida em que são documentos não processados nem rececionados pelos nossos serviços, dizendo apenas respeito a procedimentos obrigatórios junto dos serviços da FPF e da FIFA”

Ou seja mentiram, enganaram e resolveram um problema com um comunicado.

 Sónia Carneiro usou a palavra RIGOR na sua ultima crónica. E agora em bom rigor, demissão JÁ!

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores