Proença aborda os horários dos jogos e ignora os preços dos bilhetes

Não há muito tempo tivemos alguém da Liga a sacudir a água do capote, num jornal, dizendo que as operadoras e os clubes eram os únicos responsáveis pelos horários dos jogos. Vendeu a ideia em vez de apresentar soluções. Hoje temos Pedro Proença a abordar o tema dizendo que é dificil mas tomaram medidas. Discurso completamente diferente daquela banha de cobra que foi vendida no Record.

«Na última cimeira de presidentes, há dois dias, foram tomadas medidas. Temos de provocar o equilíbrio entre os direitos televisivos, os adeptos e defender os clubes que estão na Europa, e isso é difícil. Estamos a tentar encontrar uma solução», disse, aos jornalistas.

Publicidade

A solução é muito simples. Os 5 melhores classificados da temporada passada, jogarem à mesma hora. A Sport TV tem 5 canais. Qual é o problema de transmitirem o Benfica(quando joga fora) e o Sporting em canais diferentes mas no mesmo horário? O problema é as audiências? Prefiro jogos cedo do que ver jogos dos adversários.

Liga admite «possibilidade» de jogos às 12h45 na próxima época. Conversa que oiço há muito tempo e apenas por duas vezes(anos em que Sporting e Porto já não conseguiam ser campeões) foram feitos os testes.

«A Liga organiza três competições [campeonato, II Liga e Taça da Liga] e já houve jogos às 11h00. Essa diversificação de horários tem de ser feita com equilíbrios, como sabemos há muitos clubes envolvidos nas competições europeias, temos de cumprir a lei das 72 horas e isso limita-nos», acrescentou.

Com isto está a querer dizer que vamos ter 4 equipas a jogar à segunda-feira não?