Nas ultimas horas tivemos provas que o crime não compensa e que a transparência/verdade é sempre preferível à chico-espertice, à batota e à falta de rigor da informação.

O Porto perdeu o recurso do caso dos Emails e vai ter que indemnizar o Benfica em 2M de euros. O crime não compensa.

Nas redes sociais circula que Há umas semanas atrás, quando foi conhecido o resultado positivo de David Tavares, o laboratório também informou o FC Porto de VÁRIOS casos positivos de Covid 19. Ou seja, o Porto tem mais que um caso positivo e insiste em esconde-los. Só hoje saiu um “tiquinho” do que está realmente a acontecer mas insistem em esconder. Digam que é mentira… desmintam!

O Benfica assumiu uma postura de total transparência interna e publica, até publicar o nome do atleta infectado, obviamente, com o seu devido e legal consentimento, o Porto, de forma leviana e perigosa, ESCONDEU a informação do plantel, durante uma semana, e da comunicação social, durante duas semanas.

Enquanto isso, metem jogadores a criticar a DGS e andam a passear em Belém para conseguirem garantir os 40 milhões da champions.

Aqui se percebe como é que se controla a imprensa em Portugal.