Rui Costa castigado apenas por dizer a verdade ao árbitro

Rui Costa, administrador da SAD do Benfica, foi suspenso por seis dias pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), depois de ter sido expulso durante o jogo entre Benfica e FC Porto, das meias-finais da Taça da Liga.

Os protestos contra a equipa de arbitragem valeram também uma multa de 287 euros ao administrador da SAD encarnada. “O agente foi considerado expulso porque, no túnel, durante o intervalo, dirigiu-se ao árbitro em tom de voz alterada e disse: “Estou a perder 2-1 com um golo mal anulado”. Tendo continuado a proferir tal frase até ao balneário”, pode ler-se no relatório do CD.

Luís Gonçalves, diretor desportivo do FC Porto, também foi suspenso pelo CD.