Advertisement

Rui Gomes da Silva fala de Sérgio Conceição, António Salvador e responde a Lopetegui

Advertisement

Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica, deu uma resposta digna a Sérgio Conceição e falou do porquê de ser sócio do SP Braga. Isto tudo, porque na véspera do Benfica-Sp. Braga, RGS foi alvo de duras criticas pelas declarações que deu, sobre o facto do clube minhoto ser uma equipa frente ao porto e outra totalmente diferente frente ao SL Benfica. Ontem, no programa “Dia Seguinte” da SIC Notícias, RGS afirmou que não acusou ninguém, que por ser vice presidente do clube, não o proíbe de ter a sua própria opinião e dá exemplos de outros presidentes que o fazem e ninguém fica escandalizado. O Vice do Benfica também respondeu a Lopetegui, que pelo meio meteu-se no assunto, lembrando que foi durante a sua passagem pelo Governo que começou a investigação ao Apito Dourado.

“Digo o que entendo e não acusei ninguém de ser comprado, corrupto, ou de ter vendido o jogo. O que disse é o que o adepto do Benfica pensa. Já o que o Sérgio Conceição fez foi utilizar as minhas declarações e tentou potenciá-las”, começou por dizer Rui Gomes da Silva que, em seguida, deu a resposta ao técnico do porto: “Agradeço que a estrutura do FC Porto tenha dito a Lopetegui que fui ministro. Digo-lhe que nessa altura houve detenções por força do Apito Dourado. Ele, se quiser, vá ver quem foi detido nesse processo.”

Advertisement

RGS falou ainda nas declarações de Lopetegui bem mais graves e que ninguém comentou. O tecnico do porto na antevisão do jogo com o Marítimo na primeira volta, disse que “será um jogo muito diferente daquele que o Marítimo fez contra o SL Benfica”, onde o porto mais tarde, viria a perder por 1-0.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Botão Voltar ao Topo