Sábado/CMTV/Record publicam e-mails falsos com datas marteladas e são apanhados. Eis as provas

O Benfica já veio denunciar que os e-mails que estão a ser publicados e re-publicados pelos meios de comunicação da Cofina, são falsos. Mas não basta só dizer que são falsos e fica tudo bem têm de provar. E provaram.

Para tentarem silenciar o facto de Francisco J Marques ser arguido no caso dos e-mails, os criminosos colocaram a correr uma série de e-mails. Como acto de desespero e para dar credibilidade à coisa, chamaram o avençado centro que dias antes se tinha queimado com a história da pirataria na Liga/FPF. E o individuo escreve o seguinte : “Muitos dos textos, porém, foram remetidos num ficheiro “word”, sendo que as propriedades dos documentos revelam o autor: Adão Mendes. Por exemplo, a 28 de Março de 2013, dois dias antes de um jogo Benfica-Rio Ave, recebeu um email com várias sugestões: “Peço ainda que à parte e num “embrulho” cuidadoso,seja entregue ao 4º árbitro, Carlos Reis,”

Ora na print exibida pela revista sábado, o tal documento word foi criado a dia 22 de abril de 2013. Quase um mês depois do jogo ter acontecido.

Depois dos tiros nos pés que deram ao dizer que o Benfica aliciou jogadores do Rio Ave que nem estavam no clube na altura. Depois de dizerem que o Benfica pagou ao Boavista para o ajudar quando estava nas distritais. Quando acusaram o Benfica de aliciar jogadores do Marítimo quando o jogador que se prestou à vergonha da entrevista era, segundo a imprensa um jogador formado no FC Porto. Depois de acusarem os encarnados de baixarem a nota dos árbitros mas eles faziam o mesmo porque era permitido. E deve faltar aqui umas quantas.

Esta é a melhor de todas e só demonstra o desespero que vai naquela casa. Treinador a queixar-se que não tem equipa. Jogadores a querem-se ir embora porque há colegas que estão no banco a ganhar o dobro e agora o diretor de comunicação arguido.

Mas o melhor está para vir.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores