Poderia excluir a parte do sportinguismo do Moita flores mas não seria a mesma coisa, tendo em conta à maneira com que alguns ignoram análises, devido às supostas cores clubísticas.

Chamado a comentar Moita flores foi muito direto em relação ao caso e-toupeira. Ainda nem o Benfica tinha sido ilibado dos crimes que era acusado já antigo inspetor da Polícia Judiciária dizia que “a montanha estava a parir um rato”. Logo depois da conclusão da fase de instrução, moita flores classificou de “derrota humilhante para o Ministério Público” e acha que é natural que recorram da decisão.