Varandas: “Tenho na minha lista dois juízes-conselheiros do Supremo, um procurador da República, um juiz-desembargador”

Depois de sair a nota do e-toupeira sem notificar a SAD conforme diz o comunicado do Benfica, saem dois temas interessantes que demonstram para onde caminha tudo isto. Não vou justificar este processo com os que estão congelados.

A propósito da justiça portuguesa no desporto. O Candidato à presidência do Sporting, Frederico Varandas teve esta saída. “Tenho na minha lista dois juízes-conselheiros do Supremo, um procurador da República, um juiz-desembargador. Acha que estas pessoas não vão fazer braço-de-ferro na justiça pelo Sporting?”

Foi só uma espécie de tráfico de influências na justiça que o candidato à presidência do Sporting acabou de fazer. Será por isso que o Cashball está congelado? Será por isso que o e-toupeira teve prazos records(ainda bem que teve Sinal que a justiça anda rápido quando quer)?
Ainda teve a lata de dizer que esta notícia do Benfica é uma vergonha e que o clube da luz tem de ser punido porque acredita muito na justiça dos amigos da sua lista.

Augusto Baganha diz que o futuro presidente do IPDJ beneficiou o Benfica. Finalmente falou depois de ter aparecido em duas listas de honra nas candidaturas do Sporting, de ter ido à pu** da gala e de ter dado uma entrevista sobre o seu Sporting.

Ficou mais que provado que Baganha agiu por vingança contra a entidade errada. Foi graças ao castigo do Madureira e às constantes multas ao FC Porto que saltou do poleiro.

Quanto ao e-toupeira, agora que vai ser tudo público, vamos ver o que acontece. Para mim, jogos fora, podem esquecer.