O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) continua a mostrar a dualidade de critérios no que toca a atribuição multas. Não vai faltar muito para o Benfica pagar mais de multas que os outros 17 clubes juntos. Desta vez aplicou duas multas ao Sporting (total de 2423 euros) por causa dos incidentes registados no dia 23 de setembro, na receção ao Famalicão.

“Cerca das 23h15, os adeptos do Sporting, afetos ao GOA Diretivo Ultras XXI, tentaram invadir a zona das viaturas dos jogadores e staff do Sporting, pelo que houve necessidade de reforçar aquele local com mais efetivo policial”, pode ler-se no mapa de castigos.

Essa invasão consistiu em “agressões graves a espectadores e outros intervenientes”, que valeram ao Sporting uma multa de 1913 euros. “Após a força policial ter solicitado que os referidos adeptos abandonassem aquela zona e face à resistência destes, vários adeptos arremessaram diversos objetos à força policial, nomeadamente grades de metal e garrafas de vidro, não tendo, no entanto, por mero acaso, atingido nenhum polícia”, explica o relatório.

Ora no estádio da luz, um árbitro apanhar uma moeda do chão, vale mais de 3 mil euros. Segundo o Meirim, as moedas de 5 cêntimos são perigosas. Talvez tenha interpretado aquela moeda como um suborno.