arbitro

A Associação de Futebol ilibou o árbitro Mark Clattenburg na sequência de uma queixa por má conduta feita pelo Southampton.
O clube queixou-se dos comentários supostamente feitos pelo árbitro sobre o médio inglês do Southampton, Adam Lallana.

A FA analisou a queixa e não tomará qualquer acção contra Clattenburg.

Enquanto isto parece ser um alivio para Clattenburg, o árbitro sempre esteve ligado a controvérsias e aqui mostramos 6 situações onde o árbitro esteve na luz da ribalta.

JANEIRO, 2005 – GOLO ANULADO A PEDRO MENDES

Clattenburg e os seus assistentes falharam quando o remate do jogador do Tottenham, Pedro Mendes, foi tirado já para lá da linha por Roy Carrol, anulando assim um golo em Old Trafford.

OUTUBRO, 2007 – TONY HIBBERT FOI EXPLUSO

Num derby de Merseyside. Inicialmente parecendo que lhe ia mostrar o cartão amarelo, Clattenburg mudou de ideias e mostrou o Vermelho após uma breve troca de palavras com o médio do Liverpool Steven Gerrard. Mais tarde não mostrou o cartão vermelho a Dirk Kuyt após uma entrada a pé juntos a Phil Neville. Desde ai Clattenburg não apitou jogos do Everton até 2012.

AGOSTO, 2008 NEGÓCIOS OBSCUROS

Foi suspenso enquanto aguardava uma investigação sobre os seus negócios por alegações sobre 60 mil libras que teria ganho como resultado de um empreendimento. Ele foi afastado do encontro entre o United e Portsmouth a contar para a FA community Shield, como resultado, foi posteriormente demitido pela directoria do jogos profissionais ou funcionários. Em 2009 ele foi readmitido como arbitro de recurso, mas suspenso a partir de 6 de agosto de 2008 (a data inicial da sua suspeição) por questões relacionadas com os seus negócios particulares.

DEZEMBRO, 2009 – A ACUSAÇÃO DE CRAIG BELLAMY

Alega-se que numa partida entre o Bolton e o City, Clattenburg perguntou ao banco do City: ” Como é que você trabalha com Craig Bellamy toda a semana? “. Mais tarde expulsou Bellamy por acumulação de amarelos.

OUTUBRO, 2010 – GOLO VALIDADO A NANI

Depois de Nani ter tentado cavar a Grande penalidade, Clattenburg não assinala o livre a favor do Tottenham por mão na bola de Nani e ainda valida o Golo.

OUTUBRO, 2012 – DECLARADO INOCENTE NUM CASO DE RACISMO

Clattenburg foi acusado de usar linguagem imprópria para com o médio do Chelsea john Obi Mikel na derrota de 3-2 frente ao United. O Arbitro inglês expulsou também Branislav Ivanovic e Fernando Torres por protestos sobre o golo em fora de jogo que deu a vitória ao United. As alegações ao qual foi acusado foram objecto de investigações, tanto da FA como da policia metropolitana onde Clattenburg foi declarado inocente. Ao mesmo tempo Mikel foi punido com uma multa de 60 mil libras e 3 jogos de suspensão por ameaças ao arbitro após o final da partida.

Fonte da noticia:
http://www.independent.co.uk/sport/football/news-and-comment/mark-clattenburg-controversial-moments-in-the-referees-career-9042302.html

Tradução: Diogo Miguel e Hugo Gil