O Benfica foi multado em 1.020 euros pela secção profissional do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol na sequência de um “comportamento incorreto dos apanha-bolas” durante a partida com o V. Setúbal que as águias triunfaram por 1-0.

De acordo com o CD da FPF, os encarnados são acusados de lentidão após se terem colocado em vantagem pelo golo de Carlos Vinícius. “Os apanha-bolas após o golo do SL Benfica passaram a demorar mais tempo do que os três segundos regulamentares na reposição de bola em jogo, tendo sido uma vez sido solicitado a um apanha-bolas que devolvesse a bola, o que causou atraso no reinício do jogo”, pode ler-se no relatório.

[the_ad id=”37366″]

 

O mesmo documentou indicou também que Adel Taarabt viu o cartão vermelho direto mostrado pelo árbitro Tiago Martins porque “efetuou um tackle com força excessiva pondo em perigo a integridade física do adversário”.