Advertisement

Conselho de Arbitragem ligou a máquina de lavar

Advertisement

O país desportivo acordou ao som de uma máquina de lavar. O ruído teve o epicentro da cidade de futebol mas chegou a ser ouvido nas ilhas.

Ninguém se demite e em vez de admitirem os erros, colocam a máquina de lavar a funcionar. Se na semana após o clássico, colocaram os especialistas a defender o VAR, as linhas e os árbitros, hoje colocaram os especialistas a atribuir culpas em quem saiu da presidência do Conselho de Arbitragem, há mais de 6 anos.

Advertisement

Marco Ferreira tem esta magnifica saída na defesa do seu amigo Fontelas Gomes: “Passados 10 anos a realidade é bem diferente, perdemos credibilidade internacional e a nível interno continuam a tentar resolver os erros graves da liderança de Vitor Pereira“.

Fala em 10 anos para dizer que a culpa é do Vítor Pereira. Com o Vítor Pereira os árbitros iam ao mundial. E o que dizer de Fontelas Gomes? Em 6 anos não consegue resolver o problema das arbitragens? É incompetente certo? 6 anos a mamar e só piorou a arbitragem? Como se consegue defender isto?

Advertisement

O Faustino prefere falar em futuro. Diz que a culpa é do peso do poder politico, não ter árbitros portugueses no Catar. Concordo. No Catar cortam as mãos a quem rouba. Talvez seja por isso.
Acrescenta ainda o mérito dos árbitros nas competições da UEFA. Claro, podem agradecer ao vice da UEFA, Nadinho das faturas e ao criador da claque Ultras de Portugal, Tiago Craveiro. Sem eles na UEFA, nem isso tinham para elogiar. É o tal peso politico.

Advertisement

Mas o melhor está no fim da lavagem. A medalha de lata ao melhor árbitro do mundo. Ele que sabe do que fala, é criticado por não chamar um árbitro Português. Seria bom ir questiona-lo. De caminho podiam passar no supermercado, onde o Sir Alex Fergunson vai às compras só para perguntem como se conquista campeonatos em Portugal. Pode ser que saibam a resposta.

A arbitragem está podre e não é de hoje. É também por estas lavagens que não há nenhum árbitro da FPF no Catar.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo